O que assistir durante a semana?

Luís Araújo

Segunda-feira

Paulistano x Basquete Cearense (Facebook Live)
Horário: 19h
Por que assistir? É a chance de ver um pouco mais dos atuais campeões, que estão com um elenco totalmente reformulado em relação à última temporada, mas que devem continuar brigando pelas cabeças neste NBB. Queridinho dos assinantes do Triple-Double, Yago já vem dando alguns indícios de que está ainda melhor do que meses atrás, com uma capacidade de ler o “pick and roll” e de punir as defesas a partir disso muito maior. Do lado do Basquete Cearense, o negócio é saber se desta vez a equipe conseguirá impor mais resistência do que nos duelos contra Flamengo e Mogi das Cruzes.

Charlotte Hornets x Toronto Raptors (League Pass)
Horário: 20h30
Por que assistir? Boa pedida para acompanhar o NBB numa segunda tela e iniciar a jornada diária de NBA. O Raptors está invicto, depois de ter passado pelo o que, definitivamente, pode-se chamar de obstáculos consideráveis — o Boston Celtics em casa e o Washington Wizards fora. É cedo ainda, mas o ataque fluído que deu as caras em boa parte da temporada passada parece ter alcançado um nível de fluidez ainda maior. Muito disso passa por Kawhi Leonard, que de fato vem confirmando ser um jogador mais capaz de executar mais coisas do que DeMar DeRozan. Do outro lado, tem Kemba Walker. O armador do Hornets jogou uma barbaridade em cada uma das três primeiras partidas da equipe no campeonato. Aos microfones de repórteres que o entrevistam, Walker tem admitido que se sente subvalorizado. Até tem alguma razão. Mas o que importa mesmo neste caso é que parece ser mais um bom combustível para um armador tão talentoso.

New York Knicks x Milwaukee Bucks (SporTV)
Horário: 21h
Por que assistir? Boa chance de ver Giannis Antetokounmpo neste novo Bucks, agora comandado por Mike Budenholzer. A temporada acabou de começar, só teremos certeza de alguma coisa bem mais para frente. Mas isso não quer dizer que os jogos deste time já não sejam interessantes de se ver para avaliar de existe algum progresso em relação ao último ano. Isso não diz respeito só ao sistema ofensivo, onde o desafio é explorar o grego e as peças ao redor como ninguém ainda conseguiu. A defesa também tende a crescer sob o comando de Budenholzer, que já chegou a fazer isso em Atlanta. Nas duas primeiras partidas do Bucks na temporada, deu para ver o time ajudando menos no “pick and roll”, deixando os pivôs mais afundados perto da cesta e desafiando os oponentes a darem mais chutes de média distância. Será interessante ver como o Knicks vai reagir a tudo isso nos dois lados da quadra.


Terça-feira

Bauru x Vasco (ESPN)
Horário: 19h
Por que assistir? Alex, Jefferson e Jaú continuarão desfalcando Bauru. Mas se tem um técnico que sabe como contornar esse tipo de problema e manter uma equipe competitiva em quadra é Demétrius Ferracciú. Larry Taylor Lucas Mariano e Enzo Ruiz continuam à disposição. São peças mais do que capazes de fazer Bauru ter boas chances de vitória neste primeiro compromisso em casa no NBB. O Vasco não desperta lá muita confiança neste início de temporada, mas tem visto Gemerson aproveitar uma liberdade ofensiva maior para entregar algumas atuações bem especiais. Será que essa mudança dele é para valer?

Los Angeles Clippers x New Orleans Pelicans (League Pass)
Horário: 21h
Por que assistir? São dos dois times mais legais de se ver no Oeste neste início de temporada. O Pelicans tem se mostrado muito forte, não só por causa de Anthony Davis, mas principalmente porque as peças de apoio parecem estar funcionando mais à altura da grande estrela da companhia. E isso nos dois lados da quadra. Com relação ao Clippers, ainda não dá para saber o quanto as coisas vão funcionar e quanto esse time vai brigar por playoffs. Mas é um elenco com algumas peças que despertam atenção. Vai precisar que Tobias Harris e Lou Williams, por exemplo, mantenham a pegada depois de terem feito na última temporada a melhor de suas respectivas carreiras. Ajudaria muito também se Avery Bradley pudesse voltar a ser o “3 and D” que era em Boston e se Danilo Gallinari se manter afastado das lesões. É uma quantidade considerável de incógnita no meio disso aí tudo, mas dá para imaginar um cenário positivo.

Sacramento Kings x Denver Nuggets (League Pass)
Horário: 22h
Por que assistir? Será o último jogo da noite. Então quem quiser estivar a noite de basquete não vai ter muita opção. Mas existe uma chance disso não ser um problema. O Kings entrará em quadra para enfrentar o Nuggets dois dias depois de uma boa apresentação diante do Oklahoma City Thunder. Nemanja Bjelica parece bem à vontade no novo time, De’Aaron Fox anima bastante em seus melhores momentos e Buddy Hield dá pinta de realmente estar se desenvolvendo. Sem falar em Marvin Bagley, que foi a segunda escolha do Draft e que só por essa razão já merece alguma atenção. Isso tudo pode ser fogo de palha? Claro. Mas pode ser interessante acompanhar se essa equipe tão crua recheada de moleques conseguirá incomodar mais um forte candidato a playoffs do Oeste.


Quarta-feira

Paulistano x Minas (Facebook Live)
Horário: 19h15
Por que assistir? Oportunidade para ver o Minas, que ainda não apareceu para o grande público nesta temporada. O elenco não conta mais com Roquemore, que agora defende justamente o Paulistano. O pivô Leozão e o ala-pivô Paranhos, que tiveram ótima temporada por Basquete Cearense e Caxias, respectivamente, chegaram. Vale a pena ver como eles se encaixam. Vale também ficar de olho se Gegê e, principalmente, Wesley mantêm o nível que apresentaram na última edição do NBB. Pegar os atuais campeões é um ótimo teste neste sentido.

Dallas Mavericks x Atlanta Hawks (ESPN)
Horário: 20h
Por que assistir? O Hawks tem tudo para ser um dos piores times do Leste de novo? Provavelmente. Mas não quer dizer que vez ou outra esse time não irá proporcionar momentos de bom entretenimento durante a temporada. Na vitória sobre o Cleveland Cavaliers, por exemplo, Trae Young teve atuação de gala. Acertou as bolas de longe, abriu a defesa adversária e encontrou espaços. É óbvio que isso não vai acontecer sempre. O normal é oscilar mesmo. Mas vai saber quando algo assim não vai acontecer de novo. Do outro lado, o Mavericks também tem seu novato interessante de se acompanhar: Luka Doncic, que talvez é o mais interessante de todo mundo desta safra de 2018. E tem um outro ingrediente especial marcando esse duelo: Doncic foi escolhido pelo Hawks na noite do Draft e foi trocado imediatamente com o Mavericks. Pode ser que o esloveno nem pense nisso quando estiver em quadra. Mas será muito legal se ele estiver mordido de alguma maneira.

Corinthians x Brasília (Twitter)
Horário: 21h
Por que assistir? São duas equipes que têm ambição de fazer barulho nos playoffs, mas que não começaram bem o NBB. E aí? Será que veremos alguma evolução? Vale a pena também acompanhar os comportamentos ofensivos de Zach Graham, pelos lados de Brasília, e Kyle Fuller, pelo Corinthians.

Utah Jazz x Houston Rockets (League Pass)
Horário: 21h
Por que assistir? O jogo do Jazz contra o Golden State Warriors na semana passada foi excelente. É muito provável que ainda seja citado lá em abril nas conversas sobre as melhores partidas desta temporada. O fato de um tapinha no último segundo ter decidido o confronto foi algo marcante, mas também chamou a atenção a capacidade do Jazz de incomodar de algum jeito a principal força do Oeste. Dá para imaginar o mesmo acontecendo diante do Rockets. Especialmente porque o Rockets começou essa nova temporada diferente em relação ao que era e ainda dando pinta de estar um pouco distante do nível que costumava apresentar. Tem tudo para ser um confronto bem mais parelho do que aquele encontro nos playoffs, nas semifinais do Oeste.

Philadelphia 76ers x Milwaukee Bucks (ESPN)
Horário: 22h30
Por que assistir? Mais um bom desafio para Giannis Antetokounmpo e companhia. A não ser que tenhamos uma grande surpresa pela frente nas próximas semanas, o 76ers representa um teste bem mais complicado do que o Knicks. Tanto ofensivamente quando, sobretudo, defensivamente. Se o Bucks tem alguma pretensão de dar um salto grande o bastante para se enfiar nas briga pelas primeiras posições do Leste, uma partida como essa pode ser um bom parâmetro. Pelos lados do 76ers, será mais uma boa chance de avaliar como o técnico Brett Brown tem buscado desenhar suas formações para essa temporada. Ainda é cedo demais, mas já parece claro que JJ Redick precisará fazer parte dos quintetos mais utilizados desta equipe.

Washington Wizards x Golden State Warriors (League Pass)
Horário: 23h30
Por que assistir? É o que vai sobrar para o fim de noite. O Wizards está longe de ser um time confiável, mas tem totais condições de fazer frente ao Warriors, pelo menos a ponto de manter a partida atraente até a reta final. Na temporada passada, o Warriors venceu os dois encontros, mas o Wizards conseguiu se manter vivo até o final em ambos. E uma curiosidade chama a atenção: Otto Porter fez 29 pontos em cada um destes confrontos. Na soma dos dois, acertou 11 das 15 bolas de três pontos que tentou. Será que ele emplaca mais uma grande atuação contra os campeões?


Quinta-feira

Bauru x Botafogo (Facebook Live)
Horário: 19h
Por que assistir? Mesmo com a baixa de Henrique Coelho, o Botafogo é um time muito melhor do que era na temporada passada. Pelo menos no papel. Será interessante acompanhar se as coisas irão se traduzir desta maneira na prática. Vale a pena ficar de olho em Cauê Borges, que explodiu em Caxias na temporada passada. Agora, o desafio é se manter e provar que de fato pertence ao primeiro nível da escala de jogadores no basquete nacional. Do outro lado, Bauru tem já nos últimos anos a reputação de construir defesas bem fortes. É um encontro que deverá ser bem curioso.

Franca x Vasco (Bandsports)
Horário: 20h45
Por que assistir? Em tese, Franca é muito mais time. Mas a derrota para o Botafogo mostrou que os campeões paulistas estão distantes demais de parecerem imbatíveis. Muito pelo contrário, aliás. A ausência de Rafael Hettsheimeir abriu um buraco no garrafão francano. O Botafogo soube explorar muito bem na partida em que venceu. Será que esse fator vai fazer a diferença novamente? O Vasco será capaz de explorá-lo? Helinho conseguirá encontrar maneiras de esconder essa deficiência?

Boston Celtics x Oklahoma City Thunder (League Pass)
Horário: 21h
Por que assistir? Em que pese o fato de o duelo com o Warriors na estreia ter sido equilibrado até o fim, o Thunder não começou bem a temporada. Talvez seja cedo demais para se ter qualquer preocupação séria demais, mas também não dá para dizer que não exista uma luz amarela acesa. Andre Roberson ainda é desfalque, o que prejudica demais a defesa. No ataque, permanece a curiosidade sobre como a bola e os minutos serão divididos entre Russell Westbrook, Paul George e Dennis Schroder. Diante de um oponente de defesa forte, essa questão será desafiada em um nível muito alto. Do outro lado, existe toda a curiosidade sobre a construção deste time do Celtics, que é praticamente novo. Kyrie Irving ficou muito tempo afastado e Gordon Hayward tinha participado só dos cinco primeiros minutos da temporada passada. Há muito talento ali e já sabemos que o pessoal do banco tem condições de entrar em quadra e apresentar uma alta performance. A curiosidade mesmo está em cima de como os dois astros vão resgatando o ritmo de jogo e se encaixando ao redor dos seus companheiros.

Denver Nuggets x Los Angeles Lakers (League Pass)
Horário: 23h30
Por que assistir? O ataque do Lakers ainda busca colocar muita coisa em prática. A defesa do Nuggets foi uma das piores da NBA nos últimos anos e precisa muito de qualquer evolução para aumentar as chances de classificação aos playoffs. E aí? O que irá prevalecer? Vale ainda lembrar que o banco do Nuggets conta com Isaiah Thomas, que não teve a convivência mais harmoniosa do mundo com LeBron James durante sua passagem por Cleveland e que depois não foi mantido pelo Lakers. Então temos aí mais uma possibilidade de jogador que entra em quadra enfezado por algo que já passou, louco para usar isso como motivação extra.


Sexta-feira

Pinheiros x Corinthians (Facebook Live)
Horário: 18h
Por que assistir? O Pinheiros venceu todas as três primeiras partidas que disputou no campeonato. Se passar também pelo Joinville no início da semana, chegará a esse confronto ainda invicto. Kenny Dawkins e Corderro Bennett parecem ter se entrosado muito bem nos dois lados da quadra, formando uma das duplas de perímetro mais intrigantes do campeonato. Será um teste e tanto para o Corinthians.

Golden State Warriors x New York Knicks (ESPN)
Horário: 20h30
Por que assistir? É um time muito forte contra um outro que ainda busca encontrar uma maneira de se construir com um técnico novo e sem sua principal estrela. Se der a lógica, será uma partida desigual. Mas tem um personagem especialmente curioso neste duelo. Ele atende pelo nome de Enes Kanter, que odeia o Warriors desde os tempos de Oklahoma City. Falastrão, o turco nunca fez questão de esconder também a mágoa de Kevin Durant, que foi seu companheiro no Thunder e saiu justamente para jogar no Warriors. Então talvez seja curioso observar se alguma faísca vai sair disso aí. Kanter deverá ser uma peça-chave também no que diz respeito apenas ao basquete em si. Sua facilidade para pontuar, seus recursos perto da cesta e seu faro para buscar rebotes de ataque podem torná-lo uma presença importante para o Knicks. Especialmente se levarmos em conta que o Warriors não chega a ser uma força propriamente dita nos rebotes ao longo destes anos todos. Só que ele também continua sendo um dos piores pivôs de defesa da NBA, sobretudo quando é envolvido em ações para longe da cesta. Para qual lado da balança será que ele vai pender mais?

Los Angeles Clippers x Houston Rockets (League Pass)
Horário: 21h
Por que assistir? Esses dois times já estiveram frente a frente na temporada. O duelo foi em Los Angeles. O Clippers ganhou, mesmo tendo acertado só 20% das bolas de três que tentou. Tobias Harris e Danilo Gallinari fizeram 23 e 20 pontos, respectivamente. Mas o que chamou mesmo a atenção foi o trabalho dos reservas, especialmente do novato Shai Gilgeous-Alexander. Além dos 12 pontos, cinco rebotes e quatro assistências que somou, ele despertou a confiança o suficiente do técnico Doc Rivers para encarar James Harden na defesa durante a reta final do confronto. Será que a história vai ser igual neste próximo encontro entre as equipes? Muito provavelmente, não. Mas é justamente esse o motivo pelo qual o Clippers tem seu charme nesta temporada. Rivers tem um elenco robusto o bastante para ir fazendo experiências com os quintetos que coloca em quadra. A única semelhança entre as partidas que parece mais segura de se cravar com antecedência é que Boban Marjanovic não será um fator de desequilíbrio. O pivô ficou só cinco minutos em quadra no primeiro duelo contra o Rockets e dificilmente vai ficar muito mais tempo do que isso no segundo. A falta de mobilidade vira um problema sério na defesa durante os momentos em que Harden estiver em quadra chamando “pick and rolls”.

Mogi x Brasília (Fox Sports)
Horário: 21h10
Por que assistir? Até que ponto Brasília pode ser competitivo nesta temporada? Será que esse elenco tem estofo para brigar entre as oito primeiras posições? Pode sonhar em ir longe nos playoffs? Ou isso tudo é um absurdo de se pensar? Não é que a partida contra Mogi fornecerá respostas definitivas para todas essas questões, mas é um bom teste para ajudar a analisar isso tudo.

Washington Wizards x Sacramento Kings (League Pass)
Horário: 23h
Por que assistir? Vai ser o único jogo rolando no fim da noite, então é a única opção para quem quiser ficar acompanhando basquete ao vivo por mais tempo. Pode ser mais uma chance de dar uma espiada nos moleques do Kings, já que é time que dificilmente será escolhido para se ver em condições normais do League Pass. Só quando não tiver mais nada acontecendo ao mesmo tempo. Para não falar só da falta de concorrência no horário, uma atração que promete ser interessante neste duelo passa pelo confronto de armadores. Antes de entrar na NBA, De’Aaron Fox era classificado por boa parte dos olheiros como um prospecto de características que lembravam John Wall. Nesta partida, os dois estarão frente a frente.


Sábado

Bauru x Franca (Band)
Horário: 14h
Por que assistir? Os dois rivais estarão novamente frente a frente depois do encontro pelas semifinais do Campeonato Paulista. Naquela oportunidade, Franca levou a melhor e caminhou para a conquista do título. Uns meses antes disso, no NBB passado, foi Bauru quem levou a melhor na série pelas quartas de final dos playoffs. Há muita rivalidade em jogo. Também não faltam peças parrudas nos dois elencos. Não existe garantia de espetáculo, mas a partida tem tudo para ser extremamente tensa. Como se fosse nos playoffs mesmo. Só que em outubro.

New Orleans Pelicans x Utah Jazz (SporTV)
Horário: 20h
Por que assistir? É um confronto direto entre duas equipes que iniciaram a temporada dando pinta de que podem aparecer na conversa sobre “segunda força do Oeste” — o que, na prática, significa a equipe mais poderosa da conferência depois do Warriors. Anthony Davis está disposto a mostrar para todo mundo que não está errado quando diz que é o melhor jogador do mundo. Desde a temporada passada, tem sido especialmente perigoso em ações perto da cesta. Do outro lado, estará Rudy Gobert, que é genial enquanto protetor de aro. Como será esse choque? Há várias outras coisas para se observar neste confronto. Nikola Mirotic vai ser capaz de seguir pontuando em um ritmo forte? Como Donovan Mitchell irá se comportar com a bola nas mãos quando tiver Jrue Holiday ou Elfrid Payton pela frente? O técnico Quin Snyder vai dar mais minutos a Jae Crowder ou a Derrick Favors? Não é exagero nenhum esperar grandes coisas deste confronto.

Los Angeles Lakers x San Antonio Spurs (ESPN)
Horário: 21h30
Por que assistir? De um lado, estará LeBron James. Do outro, Gregg Popovich. Só isso já tornaria essa partida interessante, mas é claro que existem outros motivos. O Lakers estará sem Brandon Ingram e Rajon Rondo, suspensos depois da confusão em que se meteram durante o confronto com o Houston Rockets. Como será que essa equipe, ainda em estágio de desenvolvimento, vai se virar diante destas baixas? O Spurs, por sua vez, começou essa nova temporada despertando dúvidas na defesa, especialmente no perímetro, que não lembra em nada o nível alto de marcação de temporadas anteriores. Será que foram só alguns pontos fora da curva? Ou esse será um problema sério para Popovich corrigir ao longo das próximas semanas?


Domingo

Golden State Warriors x Brooklyn Nets (League Pass)
Horário: 18h
Por que assistir? Não tem cara de que vai ser um confronto muito equilibrado, mas paciência. Para quem estiver muito ansioso para começar a ver basquete no domingo, essa terá de ser a solução. Pode ser uma boa para acompanhar esse Nets, que está alguns bons níveis acima do time que era há dois anos. Caris LeVert é um jovem que definitivamente merece atenção, a evolução que ele apresenta é notável. Resta saber o quanto ele e seus companheiros vão conseguir resistir diante dos atuais campeões.

Utah Jazz x Dallas Mavericks (SporTV)
Horário: 20h
Por que assistir? Mais uma chance de ver Doncic em ação, o que nunca é demais. O Mavericks, pelo menos até antes de a temporada começar, poderia ser considerado um “queridinho” do League Pass em grande parte por causa do esloveno e também por como ele se encaixará ao lado de Dennis Smith Jr. Especialmente no que diz respeito à divisão da bola. E jogar contra uma das defesas mais fortes da NBA, com um perímetro tão agressivo, tem tudo para ser um grande teste para eles.

Washington Wizards x Los Angeles Clippers (League Pass)
Horário: 20h30
Por que assistir? Será uma noite de reencontros. Depois de muito tempo, Doc e Austin Rivers estarão em lados opostos. Também pode valer a pena ficar de olho em Marcin Gortat e John Wall. Os dois chegaram a trocar umas faíscas publicamente durante a temporada passada, quando ainda eram companheiros em Washington. Para um cara tão pilhado como Wall, isso já deverá ser o bastante para virar uma motivação e tanto neste confronto. E, com um pouco de sorte, o duelo estará quente e ainda aberto no último quarto, quando não tiver mais nenhuma outra partida rolando.

Tags: , ,

COMPARTILHE