Podcast Triple-Double #47

Luís Araújo

Os times que ficaram muito para trás e já não brigam por vaga nos playoffs da NBA são assunto desta edição do podcast do Triple-Double, que recebe Ricardo Stabolito (Jumper Brasil). O que essas equipes buscam neste último mês de fase de classificação? Qual terá a reta final mais interessante?

A conversa conta ainda com dois convidados especiais para falar de NBB. Um deles é o leitor e assinante Gilson Makimoto, que mora em Manaus e fala um pouco sobre como foi ver de perto uma partida em sua cidade. O outro é Robert Day, ex-jogador de Uberlândia e Bauru, que relembra a vez que marcou 50 pontos no Jogo das Estrelas.

Não custa lembrar que o podcast está no iTunes. É só jogar “Triple-Double” na busca, assinar e, claro, deixar uma avaliação por lá. Também dá para encontrá-lo no TuneIn, no próprio Soundcloud ou em qualquer outro aplicativo. E, claro, existe sempre a possibilidade de reproduzir ou fazer download no player abaixo.

Quem aparece na trilha sonora desta vez é o Blind Melon, com seu álbum homônimo lançado em 1992. Os principais tópicos da discussão aparecem a seguir:

0:47 – Projeto do Triple-Double no apoia.se

2:35 – Os times que já não brigam por playoffs. E por que é o New Orleans Pelicans que provavelmente terá a reta final de temporada mais interessante?

9:14 – A queda do Los Angeles Lakers nos últimos meses, o desejo por perder e a decisão de afastar Timofey Mozgov e Luol Deng

16:27 – Os últimos atos de mais uma temporada decepcionante do Orlando Magic

20:14 – O confuso New York Knicks e a necessidade de uma discussão de relação

23:21 – Como foi para um morador de Manaus poder acompanhar de perto uma partida do NBB

28:20 – Entrevista com Robert Day sobre os 50 pontos no Jogo das Estrelas em 2011

Tags: , , , ,

COMPARTILHE